Tag Archives: Meu Casamento

Pessoas especias

Aos nossos padrinhos

 Cada um de vocês tem um papel especial em nossas vidas. Alguns nos viram nascer e estiveram presentes desde nossos primeiros passos, nos dando a importante noção do que é uma família em todas as suas nuances. Ou casais que são um exemplo para nós e nos inspiram em nossa caminhada. Amigos que nos acompanham desde a infância, lado a lado nos nossos primeiros sonhos ou aqueles que conhecemos ao longo da vida, mas não menos importantes e essenciais para chegarmos até aqui. Pessoas queridas que viram nosso amor nascer, alguns até mesmo deram um empurrãozinho para que tudo acontecesse e por isso somos eternamente gratos. Primos que nos fizeram sorrir em tantos momentos juntos e antes mesmo de descobrir o que é o amor já especulávamos sobre ele. Irmãos que estando sempre ao nosso lado, às vezes são mais que irmãos, são anjos que nos protegem e alegram nosso caminho. Padrinhos eternos, que sempre nos abençoaram e seria impossível imaginar este dia sem mais uma benção sua.  

É uma honra convidá-los, e será uma alegria imensa poder recebê-los como nossos padrinhos de casamento, neste dia em que só há espaço para o amor e a esperança em nossos corações.

 Camila e Rodrigo

Dindinha Cotinha e Padrinho Newton (padrinhos de batismo, 1a comunhão, crisma e casamento!)

Tio Marcelo e Vovó Stelinha

Guilherme e Alice (meus cunhados queridos)

Meu irmão Henrique e Manuela

Minha irmã Marina e Igor grande amigo!

Tio Luiz e Tia Maisa

Tio Amsterdan e tia Áurea

Vini e Carol

Juninho e Simone

Minha prima Amanda e Leo

Wagner e Luciene

Kaká e Elaine

Rodrigo e Renata

Tales e Patrícia

Acho que não tinha melhor forma de falar sobre os nossos queridos padrinhos do que colocar o texto que enviamos junto do convite, não fiz nenhum convite mirabolante e diferente para os padrinhos, pois acho que, mais importante do que impressioná-los com uma super produção, seria mostrar para eles o quão importante são para nós e o real motivo para convidá-los. Sei que cada um se reconheceu em algum pedaço do texto que escrevemos para eles!

Um grande abraço aos nossos queridos padrinhos!

Camila

Fotos - Marina Favato

3 meses e externas!

Ontem o dia foi ótimo, completei 3 meses de casada está sendo uma delícia passar este tempo ao lado do meu amor!

Estou na luta também para escolher as fotos para o album é dificil demais!!! principalmente as fotos que ficam parecidas sabe.. ai ai ai  mas a gente vai tentando né!

Bom aproveito para deixar aqui algumas externas que eu  gostei muito mas ainda não tenho nem ideia de quais vão para o album hehehe e estas são apenas 1% das foto hahahaha ai céus! aos poucos vou colocando mais!

ah e não deixem de votar em mim até o dia 15!

http://www.weddingawards.com.br/votacao/video/filmagem/camila/2030

Beijinhos!
Camila

Fotos -  Marina Favato

Wedding Awards – Estou entre os finalistas!

Olá leitores e Leitoras!

Vim aqui dar uma ÓTIMA notícia!
O site Yes Wedding esta promovendo uma votação, o WEDDING AWARDS e o video do meu casamento foi selecionado entre milhares de inscrições e esta entre os Top 10!!!

Agora quem decide é  o voto popular, então venho aqui pedir a ajuda dos meus queridos leitores e leitoras para votar no site!

o Link é este

http://www.weddingawards.com.br/votacao/video/filmagem/camila/2030

Agradeço desde já a ajuda de vocês!!!

Vote todos os dias! :)

um beijo e obrigada!

Camila

Música – a música que eu cantei!

at-last

Continuando os relatos sobre o casamento, e sendo segunda dia de música, venho falar da música que eu cantei para o meu marido durante a cerimônia. Isso mesmo eu cantei para ele! Foi um momento difícil e emocionante , difícil porque eu queria cantar bem e como estava muito emocionada isso fica um pouco complicado, fiquei com medo de errar o tom, desafinar e quase desisti na ultima hora, até porque não deu tempo de ensaiar com o grupo que iria tocar! E isso me deixou mais insegura ainda! 

Então faltando poucos minutos para o inicio do casamento, chamei o Emiliano na sala da noiva e cantei para ele uma vez… se ele falasse que estava ruim eu não iria cantar, se ele gostasse eu arriscaria, ele falou que estava bom e eu acreditei hehehe. 

Bom a música escolhida foi uma das músicas que eu mais amo, At Last da Etta James, uma Diva, quem sou eu para me atrever… mas a letra da música tinha tudo a ver com o momento e a melodia é linda!

 

A letra esta no video e a tradução eu deixo aqui para vocês, é uma música linda para usar na cerimônia ou na primeira dança!

Enfim

Enfim, o amor chegou para mim
meus dias solitários, não existem mais
e a vida é como uma canção

Sim, finalmente
O céu no alto está azul
Meu coração, estava embrulhado em sorte
Na noite em que te vi

Eu encontrei um sonho
que eu posso reconhecer
Um sonho que posso chamar de meu
Eu encontrei um sentimento
para poder me apegar
um sentimento que eu nunca
havia conhecido.

Oh sim, você sorriu,
e então o encanto foi lançado
E aqui nós estamos no paraíso
Pois você é meu, enfim.

Linda não? Bom deixo então algumas fotos do casamento!

Logo antes da música um casal de dama e pagem entrou, ela levava um casal de passarinhos músicais, que representava eu e o Rodrigo, pois nos conhecemos graças a música, se a música não fizesse parte de nossas vidas provavelmente não estariamos aqui juntos hoje! E o pagem trouxe a letra da música que eu iria cantar, na verdade ele trouxe a tradução, pois queria que o Rodrigo entendesse  cada palavra que estava cantando! Eu recebi a letra desamarrei e entreguei para ele dizendo que iria cantar a música para ela, que não sabia se ficaria bom por causa da emoção mas que era de coração!

Na primeira foto eu tava me concentrando tomando coragem para começar, faz parte né! Na segunda foto a letra, depois vou falar melhor da papelaria e identidade visual que criei junto de meu irmão Leandro para o dia, fez toda a diferença!

Bom estava tudo indo bem até ele fazer esta carinha para mim né! Os olhos dele foram enchendo de lagrima e ai eu não consegui a emoção tomou conta de mim!

Eu comecei a chorar e vi que não ia conseguir cantar o ultimo verso da música, a falei em português ” pois você é meu, enfim” ai foi ele que não segurou o choro! Eu choro, tu choras, nos choramos né! E não foi só nos dois que choramos não, ainda mais que este momento foi seguido dos votos ai já viu né!  Ainda vou fazer um post com os chorões! :)

Não sei se cantei bem, ou se fui afinada, no momento o que eu queria era transmitir todo o amor que eu sentia por ela e toda a gratidão que eu tenho pela música ter nos unido!

Um beijo emocionado aqui!
Camila

Fotos = Marina Favato

As crianças

Olá, hoje venho mostrar os pequenos que participaram deste dia tão importante para mim.
Tem gente que  não coloca criança na cerimônia ou que passa um bom tempo sofrendo com  a possibilidade de sua entrada ou não no grande dia, meu conselho é, coloque sim, é uma delicia ter estes anjinhos por perto, eles alegram nosso dia e são uns fofos!

Quanto as entradas, deixe rolar e fique tranquila, crianças são imprevisiveis e não podemos colocar toda a responsabilidade do casamento sobre elas se entrarem vai ser lindo, se não vai ser lindo tb!

No meu caso a daminha menos entrou apenas até uma parte do percurso e queria entrar com o par diferente hehehe (espertinha ela!) no fim das contas foi fofo e engraçado, e como ele é bem novinha eu ja contava com isso, o importate é trazer o incrivel espirito infantil de doçura e pureza para este dia tão importante!

E eles se divertem né! Veja ai a minha turminha!

Umas fofuras não são!!!
Beijinhos e até mais!

Camila

Momento música

Como prometido segunda é dia de música… para começar a semana bem né!

Bom a musica de hoje é para dançar e muuuuuuito! Esta foi a música que abriu a pista de dança, a primeira música tocada logo após a dança dos noivos. Como eu disse amo música antiga e nada melhor que Ray Charles para não conseguir ficar parada!

Enquanto a música tocava fui dançando e puxando todo mundo para a pista! Foi uma delícia!

Fica a dica!

beijos e boa semana
Camila

Do início até o sim

nosso-dia

Não deixo aqui hoje palavras, apenas imagens do dia mais feliz de nossas vidas.
Depois volto a contar como foi cada detalhe deste dia que vai ficar para sempre em nossos corações, deixo hoje apenas alguns momentos…

E viveremos felizes para sempre…
Camila

As alianças…

aliança

Olá,

Venho aqui contar um pouco mais do nosso casamento!
O detalhe de hoje vai para a nossa porta alianças, eu sempre achei este momento da entrada das alianças muito solene e significativo, já que a própria aliança está carregada de significados. Ela simboliza a união que está acontecendo ali aos nossos olhos, e o desejo de um belo futuro juntos e claro, quando pensamos em futuro pensamos em continuidade…

Por isso quis que minhas avós entrassem com as alianças, mães dos nossos pais, exemplos de vida e de família, pessoas que já viveram várias vidas, a sua, a dos seus filhos, a dos seus netos e muitas vezes bisnetos.

Nada melhor do que ter estas eternas mães abençoando este  momento não?
Infelizmente apenas a Vovó Maria, mãe do meu pai pode estar presente, a Vovó Ivone mãe da minha mãe estava doente e não conseguiu viajar para estar presente,  assim como a Vovó Gegê, mãe do pai do Rodrigo. E a Vovó Stelinha foi madrinha e ai ficou difícil toda a movimentação para que ela entrasse novamente. Mas sei que minha Vovó representou todas as outras nos nossos corações!

E com certeza nossas alianças foram mais do que abençoadas! E espero ter força para a partir daqui começar uma família tão linda como as famílias destas queridas Vovós!

Alem de ter sido lindo ouvir as palavras emocionadas dela neste momento!

Um grande abraço e até mais!
Camila

Fotos - Marina Favato

A Flor

creative4

Olá Pessoal!

Aos poucos vou voltando a freqüência normal de posts!
Casar não é tão simples como parece, depois da festa e da lua de mel, temos que voltar a realidade e são muitas coisas para organizar e colocar no lugar!

Recebi minhas fotos, mas ainda tenho que fazer uma seleção do que vou colocar aqui, para facilitar vu dividir por momentos, senão os posts ficam imensos!

Bom, o primeiro momento que vou dividir com vocês foi uma idéia que eu tive, nunca vi ninguém fazer nada parecido e confesso que deu um frio na barriga, mas achei uma forma linda de simbolizar o que estava prestes a acontecer.

Bom no casamento apenas os padrinhos entraram com as lapelas, o noivo entrou sem. No caso eu que coloquei a lapela no noivo assim que chegamos ao altar.

A Flor da lapela dele saiu do meu bouquet. Quando chegamos ao altar retirei a flor do bouquet e coloquei no noivo.

A idéia por trás disso foi simbolizar o amor e o que estava acontecendo ali, no casamento. Era como se o bouquet fosse meu coração e eu estava entregando um pedaço dele para o noivo, colocando no peito dele, junto ao coração dele (a lapela fica do lado esquerdo!)
Assim como na vida real, eu não entreguei todo o bouquet, pois meu coração ainda é meu, tenho meus sentimentos, minha individualidade, mas um pedaço deste coração pertence ao Rodrigo e espero que ele cuide muito bem dele!

Assim a lapela foi mais do que uma formalidade no nosso casamento, teve um significado maior por traz e tudo!

Para mim foi um momento muito emocionante, fiquei nervosa, com medo de não consegui colocar a flor, mas graças a Deus deu tudo certo!

 

Bom este foi um detalhe da minha cerimônia que guardo com muito carinho, e uma dos momentos diferentes que tive no meu casamento!
Espero que tenham gostado!

Beijos
Camila

Fotos - Marina Favato

Palavras sábias!

Ola pessoal,

estou de volta da minha lua de mel, ainda tentando colocar a vida em ordem!
volto aos poucos a postar com frequência aqui no blog e aproveitar para contar tudo para vocês!

Bom não poderia deixar de dividir com vocês o belo texto escrito pela minha madrinha Carolina Romano, e lido no nosso casamento. vocês já viram um pouquinho dele no video e aqui vai ele na integra.  Um texto que vale a pena ser lido e relido com caarinho e cuidado pois nele encontramos varias dicas valiosas sobre como encarar o casamento que temos na nossa frente. E claro não existe uma receita cada casal é um casal e cada vida uma vida! Mas é sempre bom refletir um pouco sobre como estamos levando a nossa, ainda mais em um momento tão especial como o casamento!

Espero que gostem das palavras dela como eu gostei!

“Casamento não é pra qualquer um. Uma vez ouvi que casar é fazer caber na mesma casa duas pessoas e suas malas. Não apenas as malas óbvias, concretas, de rodinhas, mas, sobretudo as malas-velhas, o que cada um já viveu, o que vem trazendo dentro do coração e da mente e que, assim que casamos, precisam ser guardadas nos novos armários a serem construídos juntos. É diferente de namorar, quando deixamos nossas malas bem guardadinhas e selecionamos as mudas de roupa mais bacanas pra ir encontrar o outro. Casamento dá trabalho, porque sempre vai pular uma roupa velha, um chinelo sujo, aquela calça rasgada que a gente insiste em não jogar fora… tudo isto vai aparecer quando as malas se juntam. Nem sempre estaremos com a melhor camisa nem o melhor vestido. Nem sempre o cabelo mais sedoso e a barba mais bem feita.

Mas quem foi que inventou que felicidade é isto? Felicidade é o contrário disto. É compreender – mas compreender mesmo, com unhas, dentes e as fibras mais profundas do coração – que tem alguém ali do seu lado, tão importante quanto você, com ideias tão relevantes quanto as suas, com sentimentos tão profundos e legítimos quanto os seus, que mais uma manhã abriu os olhos pra você e para este riquíssimo convívio que é casar. Daí a pessoa, suas malas e seus conteúdos vão aos poucos de desvelando, e juntos, vamos aprendendo – não sem errar muito! Como eu, a Camila é professora e sabe que aprendemos é pelos erros, e não pelos acertos… – aprendemos a hora certa pra cada coisa: cada gesto, cada pergunta, cada resposta, cada palavra, cada silêncio.

O silêncio é muito importante, tanto quando a “Caixa do Nada”. Já ouviram falar? Dizem que o cérebro do homem é feito de caixas, com uma caixinha pra cada assunto, e o cérebro da mulher é feito de um novelo de fios que se encontram, se amarram e se interconectam. Enquanto as caixas do cérebro do homem são organizadas de forma a nunca se tocarem ou seja, eles conseguem pensar em uma, e apenas uma coisa de cada vez, o nosso cérebro é este emaranhado de fios que se conectam pelo combustível da emoção. Daí conseguirmos gravar e lembrar detalhes pequeninos que, em geral, passam despercebidos pra eles. Enquanto eles conseguem ser práticos, objetivos e colocar ordem no nosso frequente caos emocional. O gostoso do casamento é aprender junto o valor destas diferenças e, principalmente pra nós, mulheres, aprender a respeitar e entender a diferença como bônus e sobretudo fazer as pazes com a caixa favorita deles: A Caixa do Nada. É ali que eles ficam por minutos, horas, tardes inteiras… fazendo e pensando… em nada. E nós, loucas que somos, começamos a interpretar tudo, chegar a nossas próprias e solitárias conclusões de que algo não vai bem, de que a gente devia dizer alguma coisa, de que eles deveriam levantar e ir lavar um prato… e então eles retornam do Nada, relaxados, felizes e gloriosos…nos enchem de beijos e da certeza de que está tudo bem!

Outra coisa muito importante: casem do jeito de vocês. Muita gente, gente que te ama mesmo, inclusive eu, vai querer dar palpite, apontar o que não está certo, mostrar como deveria ser, oferecer o melhor conselho na mais linda bandeja de prata, convencer vocês de que “isso é estranho”… Escutem agradeçam, e façam do jeito de vocês. Vocês têm um ao outro, e façam disto a coisa mais preciosa do mundo. Guardem o melhor de cada um para o outro, e sigam o caminho que escolherem, do jeito que vocês acharem melhor. Não tem receita, nem certo e errado. Sejam coerentes e respeitosos com seus próprios corações.

Pra terminar esta conversa, que se se propõe a dar conselhos eu não sei, mas que pode pelo menos dar umas dicas do que eu aprendi em 2 anos de casada depois de 9 de namoro, queria lembrar de uma pérola preciosa que aprendi com meu marido: quando forem escutar um ao outro, escutem mesmo. Parece simples mas a coisa que nós mais fazemos é escutar nossos próprios pensamentos enquanto o outro fala. Daí fazemos uma cara de “Arrã, tô te ouvindo…” enquanto nos afogamos nas nossas próprias ideias.  Casamento não é pra qualquer um, e felicidade não é o que se vende na revista e na TV. Na verdade, o amor não é isso que se vê, é algo muito maior, muito mais legal e muito mais valioso. Aproveitem!

Beijos da Dinda…Carol Romano.”

Um grande abraço!

Camila

foto - Marina Favato